top of page
Buscar

Aprenda a usar as cores no seu lar!

Atualizado: 16 de jun. de 2021



Quem aí ama uma cor na vida? As cores expressam nossos sentimentos, personalidade e nos trazem muitas sensações diferentes, e é sobre isso que vou falar hoje! Como prometido, vou te dar dicas para que você Aprenda a usar as cores do seu lar.


Utilizar as cores ao redor tem um grande impacto na nossa vida, sendo ele positivo ou negativo, por isso é tão importante escolher a cor que vai compor o seu espaço com bastante cuidado e de forma consciente, pois elas podem nos trazer calma, energia ou até irritabilidade. E cada cômodo precisa de uma sensação diferente, certo? E vou te mostrar como!


Mas antes, uma dúvida: você também já se perguntou que cor combina com o que? E por que algumas cores ficam melhores que outras? Eu recebi algumas dúvidas sobre esse assunto e achei bem importante vir esclarecer sobre esse universo colorido e como trazê-lo pro seu lar. Então acompanha comigo esse post que tá super legal!



“A VIDA É DA COR QUE VOCÊ PINTA!”

Sim! Nós escolhemos que cor queremos em nossa vida, e através delas, decidimos também como nos sentir.


Como eu disse, as cores nos trazem sensações e de acordo com essas sensações, encaixamos os ambientes em cada cor. Isso se chama psicologia das cores, um estudo que revela como o nosso cérebro reage às cores, transformando-as em sensações.


E para te ajudar nessa escolha tão importante, te apresento a roda das cores!



Também chamada de círculo cromático, a roda das cores, em sua primeira versão, foi criada por Isaac Newton, quando descobriu que a luz branca ao passar por um prisma, dá origem à 7 cores (as cores do arco-íris). E a última versão criada pelo escritor suíço Johannes Itten, é uma paleta composta de 12 cores, e nela estão os seguintes grupos de cores:







3 cores primárias: são cores que não podem ser obtidas através de mistura de outras cores, como no exemplo ao lado. Elas darão origem às cores secundárias.






3 cores secundárias: as cores que são adquiridas por meio da mistura de cores primárias.






6 cores terciárias: neste grupo, são as cores formadas através da união de uma cor primária com uma secundária, como nesse exemplo.






Além dessas cores classificadas como básicas, podemos criar muitas outras acrescentando o preto ou o branco, podendo dar origem a qualquer outra.


E como combinação cromática, temos a harmonia das cores, que são dividas em 6 grupos:


  • Complementares

  • Análogas

  • Triangulação

  • Meio-complementares

  • Retângulo

  • Quadrado


A harmonia das cores é que faz toda a diferença nas pinturas de uma parede e na junção com os móveis e texturas, pois através dela podemos utilizar um jogo de cores que combinem entre si:


Complementares: são cores que se enquadram do lado oposto do círculo e estão localizadas exatamente na extremidade uma da outra, e apresentam maior contraste entre si. É a combinação das cores quentes e frias, que explico daqui a pouco!


Análogas: esse grupo possui uma mesma cor básica, e sua escolha é feita a partir de uma cor principal do círculo cromático, com uma ao lado direito e outra ao lado esquerdo. Pode ser escolhidas até 5 cores nesse grupo. Muito usado com composições de degradê!

Triangulares: também chamadas de cores triádicas, são as cores que formam um triângulo com 3 lados da mesma medida na roda das cores, onde são escolhidas 3 cores com a mesma distância entre si e sempre haverá uma cor predominante.


DICA BÔNUS: Para uma decoração de ambientes, escolha uma cor principal e duas que irão complementar os detalhes do projeto.



Meio-complementares: conhecido também como combinação em fenda ou complementares divididas, esse grupo é composto por 3 cores, uma principal e duas vizinhas da cor diretamente oposta a primeira. Esse efeito tem um certo contraste, porém menos intenso.


Retângulo: a dupla complementar é formada por dois pares de cores que são complementares entre si, intercalando uma cor. Esse efeito agrupa 4 cores e permite um número grande de combinações bem contrastantes.


DICA BÔNUS: Para não haver um desequilíbrio entre as cores caso utilizar as 4 cores, escolha uma delas para ser a dominante.



Quadrado: essa combinação, também conhecida por harmonia 90º, em que se forma um quadrado harmônico dentro do círculo cromático para a escolha de 4 cores da paleta em que se diferem mas são complementares, proporcionando uma harmonia bem contrastante.

As duas harmonias abaixo não estão no círculo cromático, mas também são muito utilizadas quando se pensa em decoração de interiores:


Monocromia: quando é utilizada uma mesma cor em saturação e luminosidade diferentes, podendo utilizar o preto e branco para destacar alguns detalhes. Quanto mais saturação houver, mais emoção transmitirá, e quanto menor a saturação, mais sutileza vai ter.

Tom sobre tom: harmonia parecida com a monocromia, porém ao invés de usar uma cor em vários tons, utiliza-se várias cores próximas de um mesmo grupo para se formar um efeito sóbrio com várias tonalidades.

E finalmente a temperatura das cores!


  • Cores quentes: como o próprio nome já diz, são as cores que transmitem calor, energia, alegria ao ambiente.


  • Cores frias: são as cores menos vibrantes e mais sóbrias, tons que transmitem frieza e serenidade ao espaço.




  • Cores acromáticas: são as cores neutras que se encontram mais próximas ao centro do círculo cromático, de tons mais sutis e leves. O preto, branco e cinza e todas as suas variações de tonalidade são consideradas cores neutras.



Agora que você já está expert nesse assunto das cores, bora entender como colocar tudo isso no seu cantinho?

Como te contei anteriormente, as cores nos trazem sensações, e de acordo com essas sensações, encaixamos os ambientes em cada cor. Eu sempre falo aqui no blog que antes de pensarmos em decorar um espaço, temos que pensar no objetivo daquele ambiente e qual será a proposta para o cômodo.

E com as cores não seria diferente, afinal, cada tom, combinação e temperatura da cor transmitem sentimentos diferentes aos usuários daquele ambiente. Então utilizando a psicologia das cores, é possível harmonizar todos os ambientes, conforme seu objetivo. E mesmo que for uma casa ou apartamento de aluguel, é importante personalizar o ambiente do seu jeito. Por isso, aqui vão algumas dicas de ouro para você pensar para o seu espaço:


Quartos:

✔ Os quartos são sinônimo de repouso e relaxamento, por isso as cores mais ideais são as cores frias e claras, como azul, lilás, verde e suas variações de saturação. Lembrando que para proporcionar sensações de leveza, deve-se pensar em tons de menor saturação (centro do círculo).


✔ As cores acromáticas como expliquei, também são uma boa opção para quartos, trazendo uma sensação de tranquilidade e calma, além de serem coringa na decoração e harmonizarem com todas as cores, propiciam um ambiente elegante.


❌ O vermelho, por exemplo, neste cômodo não é uma cor agradável por trazer excesso de irritabilidade.


Salas:

✔ As salas são ambientes para descanso e descontração, além de ser um cômodo que pede conforto. As cores perfeitas para este setor da casa são bem parecidas com as de quartos, como o azul, o verde e também o amarelo. Ambas proporcionam relaxamento, e o amarelo, por sua vez, traz energia e conforto para ambientes sociais quando utilizado em nuances suaves (saturação leve) e em detalhes da decoração.


✔ O vermelho também é uma opção quando comedido, pois proporciona sensação de conforto, tornando o ambiente caloroso, convidativo e amigável, ideal para uma sala de estar ou jantar que recebe muitas pessoas.


Cozinhas:

✔ Por serem um cômodo frio por conta das texturas presentes como pedras e revestimentos de azulejo e piso, é ideal que se “aqueça” as cozinhas através de cores quentes, como o vermelho, amarelo e laranja, esta última responsável por despertar o apetite. Ambas são cores energizantes e estimulantes, e são uma excelente opção para esses ambientes.


✔ Ambas podem ser combinadas com o preto, que pode estar presente em metais, puxadores, marmoraria, e outros detalhes da cozinha.


Banheiros:

✔ Pode parecer uma escolha óbvia, mas o branco é a melhor opção para banheiros por trazer a sensação de limpeza, mas deve tomar cuidado para não deixá-lo branco demais e parecer impessoal e frio. Por isso, invista em tons coloridos em objetos, cortinas, detalhes de azulejos e até plantinhas para trazer vida também a este ambiente.


(tons de Off-White Suvinil)


✔ O branco também é uma ótima pedida em banheiros pequenos, por exemplo, por ser uma cor que proporciona amplitude. Mas se não quiser o branco em específico, pode escolher por tons off-white, o “quase branco” em tradução literal. O branco puro é designado como a ausência de cor, e o off-white por sua vez são tons mais fechados e menos iluminados, como brancos levemente amarelados, rosados ou acinzentados, sem chegar na paleta de bege e cinza - é uma variação de branco e essas tonalidades.


Quartos de bebê:

(tons de Soft-Color Suvinil)


✔ Em uma variação do off-white, temos o Soft-Color, que são as cores bem leves com um toque de branco, ideal para quartinhos de bebê que precisam ser suaves, transmitirem, leveza e tranquilidade, além de proporcionar relaxamento, ainda mais para crianças recém-nascidas.


✔ Esses tons ficam muito bem também quando combinados a nuances de tons pastéis, oferecendo neutralidade ao espaço que se quer decorar.


Home office

✔ E por fim, mas com a sua devida importância, o home office. Este ambiente requer uma cor que desperte, que traga energia e estimule a produtividade. O azul em saturação maior traz uma cor mais viva e é importante em salas de estudo e escritórios, assim como o verde, que promove a concentração. O roxo incentiva a criatividade, segundo a psicologia das cores, ponto positivo em um ambiente de trabalho.


✔ Independente de sua escolha, as cores podem ser mescladas com o preto e imprimir diversos estilos, tanto na mobília como em detalhes do espaço, pois é uma cor sinônimo de sofisticação e poder, proporcionando um equilíbrio interessante no ambiente. Mas deve ser usado com moderação para não pesar o ambiente.


Cores neutras

✔ Mas se você não é adepto a ambientes coloridos e prefere algo mais discreto e que combine com tudo, os tons neutros são a opção certa para você! Esses tons são bem versáteis e permitem uma liberdade muito grande na decoração, podendo estar presente em todo tipo de textura como um elemento coringa, e em qualquer ambiente, sendo neutros frios ou quentes.



Neutros frios: tendem para a cor azul e a uma paleta de tons pastéis, de baixa saturação.
Neutros quentes: tendem a tons terrosos, que fazem referência a cores de terra como cáqui, caramelo e bege.


(imagem Studio Immagine)



 

E ai? Se inspirou nesse conteúdo de usar as cores no seu lar? Elas são vida! E deixam qualquer ambiente expressivo e é uma ótima maneira de personalizar do seu jeito. Eu gosto de incentivar as pessoas a sempre colocarem a sua personalidade em cada canto, seja um escritório, home office, ou o seu lar!


Os ambientes que convivemos devem ser confortáveis e visualmente equilibrados, pois serão os lugares que mais nos relacionaremos. E ter uma relação harmônica com o nosso cantinho é essencial para o nosso bem estar também!

Todas essas referências que eu trouxe pra você foi para te ajudar a entender esse universo das cores e te inspirar a pôr a mão na massa e escolher sua tinta e a sua decoração colorida sem medo! Espero muito que tenha te ajudado a encher o seu cantinho de cores 🧡💜❤️💚


Fique por dentro dos conteúdos do blog, que no próximo post vou te contar sobre as melhores plantas para dentro de casa, um pedido que recebi no Instagram, e que vai te ajudar a escolher as melhores opções pro seu lar 💛


Aproveite e assista esse vídeo do tour pelo Apto +60, em que mostro todas as soluções e cores planejadas para esse projeto lindo. Confere aqui:


Se inscreva para receber conteúdos exclusivos e dicas mágicas como essa :)


Komentar


bottom of page